Apanhador Só

Conheci a banda no meio do ano passado no Spotify e logo me apaixonei, com letras poéticas e instrumentais inusitados a banda prende a sua atenção de uma maneira que te faz viajar. A primeira musica que eu ouvi foi Prédio do álbum “Apanhador Só” lançado em 2010. Alem desse álbum a banda gaucha, que foi formada em 2003, lançou um ep em 2006 denominado “Embrulhado para levar” outro em 2012 com o nome de “Paraquedas”, e mais outros dois álbuns,  um acústico em 2011 “Acústico-Sucateiro” e o ultimo em 2013 “Antes que tu conte outra”.

As letras são escritas principalmente pelo vocalista/guitarrista Alexandre Kumpinski, mas também tem toques do baixista Fernão Agra e do guitarrista Felipe Zancanaro, alias acredito que esses rótulos não se encaixam muito bem aos integrantes, pois a banda não se resume em guitarra, baixo e vocal, eles costumam usar vários tipos de objetos para produzir os sons que querem, como demonstraram no acústico-sucateiro usando gaiolas, rodas de bicicleta e muitas outras coisas.

Outra coisa muito legal sobre a banda é que o ultimo álbum lançado foi totalmente financiado pelos fãs, o projeto aberto pela banda no site catarse deu certo e eles fizeram novamente em 2015 para financiar uma turnê pelo brasil e o lançamento do terceiro álbum da banda. A ideia é terminar a turnê e lançar o álbum que ainda não tem nome. No canal do youtube a banda compartilha alguns videos da turnê intitulada ‘Na sala de estar’ que esta na estrada desde julho e funciona como o nome mesmo diz, nas salas de estar de casas ou espaços públicos sem palco e sem iluminação profissional, para ter uma proximidade maior com o publico.

Pra resumir, letras únicas + musicalidade excepcional = Banda Foda.

Foto: Apanhador Só/ Divulgação.

Espero que vocês tenham gostado do texto e da banda que é uma das minhas favoritas, aqui vou deixar o link dos perfis da banda no insta, youtube e Facebook e também o site oficial dos rapazes onde vocês podem ver e fazer download da discografia completa e caso esse texto chegue neles deixar o convite para uma entrevista.

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.