Variedades

#20pros20

20pros20

Hey hey!
Hoje completam 20 dias até a chegada dos meus 20 anos, e curiosamente hoje é dia 20…

Estranhices à parte… A um tempo atras eu decidi de alguma forma compartilhar o que eu estou pensando sobre essa transição pros 20. O que mudou até agora, o que não mudou e o que eu quero que mude.

Por isso resolvi criar uma tag chamada #20pros20, que a principio se resumiria em 20 dias falando sobre esse assunto. O fato é que durante esses dias em que eu estive planejando a tag, me dei conta de que eu não conseguiria criar conteúdo todos os dias. Então basicamente serão 20 post, dentro desses 20 dias, mas não em 20 dias seguidos.

Eu realmente não sei se alguém já fez algo parecido, mas eu estou muito animado com esse projeto, e quem sabe de alguma forma inspire outros.

Bom por enquanto é só (; Agente se vê por aí. Abraços.


Fazer intercambio talvez seja o primeiro passo para quem sonha viajar pelo mundo. É uma grande oportunidade de conhecer culturas diferentes e ao mesmo tempo adquirir conhecimento. Porém para muitos esse assunto ainda é um verdadeiro mistério, mas você ira ver que não é nenhum bicho de sete cabeças.

Tipos de Intercambio:

Existem três tipos que prevalessem: High School, Ensino Superior e Curso de Línguas.

O nível High School propõe que você curse o seu ensino médio ou parte dele no exterior. Geralmente você é “acolhido” por uma família, e passa a morar com eles durante esse período, algumas agencias porem disponibilizam dormitórios para os alunos, mas o custo costuma ser um pouco maior.

O nível de Ensino Superior nada mais é do que cursar parte da faculdade em outro pais, neste caso você passa a viver como os alunos da instituição, dividindo dormitórios e participando das atividades acadêmicas relacionadas ao seu curso.

O Curso de Linguás é talvez o mais desejado. Não há uma média de idade para participar, nem costuma ser exigido um grande domínio do idioma, já que você estará lá justamente para aprender. Por isso ele acaba sendo bem atrativo. Os alunos possuem uma rotina, que as vezes são quebradas por excursões pela cidade.

Como contratar uma agencia de intercambio?

O jeito mais fácil é buscar aquelas que são afiliadas com escolas de idiomas, ou se destacam no mercado. Duas empresas com grande reputação  são a CI e a Canada Intercambio. Mas é claro existem varias outras.
Dica*: É importante estar informado se a agencia possuí sede no país para o qual você pretende viajar, eles poderão lhe dar um maior auxilio caso ocorra algum problema.

Para onde ir? E qual idioma escolher?

Essa é sem duvida uma pergunta bem pessoal. Por exemplo, quem cursa o  ensino superior geralmente se prepara com muito tempo de antecedência, pesquisando a melhor Universidade assim também como  preços.

Quando se fala de intercambio geralmente vem a cabeça o inglês. Mas você tem a oportunidade de estudar diversos outros idiomas, claro que o inglês é mais valorizado.

Para que esse post não fique muito grande vamos parar por aqui, mas fique ligado pois em breve terá continuação; Abraços.

Planejando o futuro.

Backpacking

já tive diversos sonhos, alguns duraram mais tempo que outros. Fiz planos, remanejei rotas, e no fim parecia que nada iria mudar. Mas mudou. Hoje eu sinto o quanto evolui e o quanto meus objetivos mudaram.

Sonhar é só uma pequena parte disso tudo, sem atitudes e esforços não há conquista. Isso é bem obvio mas na pratica nem sempre é assim. Porém não existe segredos, apenas um plano de ação.

Para esse post separei algumas coisas que já ouvi por aí, e que eu mesmo conclui. Coisas que ajudaram você em seus objetivos:

Planejamento: É importante saber aonde você quer chegar, e como quer chegar. Uma sugestão é anotar aquilo que deseja, ou simplesmente pensar, em seguida trace jeitos para conseguir isso.

Foco: Sem adiamentos, sem procrastinação, sem falta de confiança. Apenas mantenha o Foco.

Seja realista: Sonhar é importante, mas muitas vezes você irá precisar por os pés no chão. Fantasiar demais pode causar decepções. Saiba que as coisas podem dar errado, e que as vezes não saem como você imagina.

Otimismo: Mesmo que você falhe algumas vezes, o importante é não desanimar. Se for preciso tente mudar o seu plano de ação e achar outro jeito de conseguir dar certo.

Paciência: Nada acontece da noite pro dia. Certas coisas levam mais tempo e exigem mais esforços.

Economia: Se o seu objetivo tem algum custo, então você terá que economizar. Guarde todo o mês uma certa quantia, economize se for preciso, não faça contas desnecessárias.

Progresso: Algo comum é nos acomodar quando não atingimos o que queremos, ou até mesmo depois que atingimos. Independente da situação, é importante progredir e transformar aquele acontecimento em novas oportunidades.

Abraços;
_Ton.

Bullying não é brincadeira.

Infelizmente este é um assunto que ainda não é levado a sério.  Muitas pessoas, independente da idade, ecaram o Bullying como uma simples brincadeira, uma fase da vida, ou até mesmo “frescura” da parte de alguns.

Algo que talvez contribua para essa ideia, é o fato de um grande numero de pessoas, principalmente famosas, assumirem que já sofreram com este problema alguma vez na vida. Alguns talvez pensem: É apenas um jogo para dizer que não teve um vida fácil.

Mas afinal o que é Bullying? E que influencias isso pode trazer na vida de uma pessoa?

Bullying é classificado como uma agressão repetitiva, seja ela  física ou verbal. Ou seja, não é algo que acontece apenas uma vez e cai no esquecimento.

Em geral, costuma deixar marcas, que podem ser carregadas pelo resto da vida. A pessoa pode ter uma dificuldade para se relacionar com outros, para se expressar, criar objetivos e em alguns casos desenvolvendo até mesmo depressão. E o medo de passar por tudo isso outra vez é constante.

Quando falamos neste assunto em geral pensamos nas crianças, pois realmente são as que mais sofrem com isso. No entanto isso pode vir acontecer com adultos, em um ambiente de trabalho por exemplo.

Que atitudes podem ser tomadas?

O melhor a fazer é não tentar se igualar, ou rebater as agressões. Mantenha a calma, apesar de difícil. Não se culpe; Não fique procurando defeitos em si mesmo, ou formas de agradar aos outros. Fale! Não guarde mágoas, isso te destrói. Procure ajuda, conte o que está acontecendo, e se achar melhor peça para não dizerem que você relatou. E por ultimo mas não menos importante, nunca perca a esperança de que as coisas vão mudar.

A nosso interação com as redes sociais tem sido cada vez maior. Buscamos sempre nos expressar de alguma forma, e atras de um rede tudo fica bem mais fácil.

Imagem

Hoje em dia tem se falado muito em Facebook, Twitter, Youtube, Tumblr… e até mesmo aplicativos de mobile que passaram ser considerados Redes Sociais. Mas muita gente já anda enjoando disso tudo, por isso hoje trago para vocês algumas redes diferentes com ideias inovadoras.

Imagem

Se as grandes redes sociais tivessem um filho, este seria o Pheed. Com ele você consegue compartilhar fotos, videos, frases com até 420 caracteres, entre outras coisas. Porém, você pode cobrar pelas vizualizações, ou ter que pagar pelos conteudos do seu interesse. Os preços variam de US$ 1,99 a US$ 34,99, (Roubo? Não… imagina.)

Imagem

Para os amantes de Livros e literatura, existe o Skoob. Com ele é possivel montar verdadeiras bibliotécas, compartilhar resenhas, marcar livros que deseja ler, ver o que os outros andam lendo… Não se trata de uma Rede nova, mas isso não tira o seu potencial.

Continue lendo