Uncategorized

Os melhores conselhos que já recebi até hoje foram aqueles que me pegaram de surpresa, que me mostraram algo que eu não esperava, fora de um contexto talvez, mas sempre por dentro do problema.

Nem sempre você encontrará uma resposta dada com todas as letras. Certos concelhos se escondem entre linhas, disfarçados por acontecimentos ou detalhes.

Talvez a indireta universal que estejamos recebendo é a de que tudo na vida é um aprendizado, toda desgraça antecede uma superação, e todo medo é sinal de que algo precisa ser mudado – ao menos deveria ser .

Muitas pessoas insistem em tropeçar nos mesmos erros, nos mesmos discursos de ódio, na deslealdade capaz de afundar um país, no preconceito capaz de separar seres de uma mesma espécie – de carne e osso – distintos apenas por seus tons de pele e lugares de origem. – A humanidade já viveu muito disso.

2016 veio para chacoalhar – e chacoalhou.

Mas por outro lado, também veio para unir e fazer com que povos de diferentes lugares voltassem seus olhos para o país da mistura. Onde ao menos em um mês os problemas deixaram de ser tão grandes. A humanidade nunca fez tanto sentido. – A chave passou a ser a união e não a separação.

Muitos olhos também se voltaram para um local devastado, onde crianças que cresceram em meio a um cenário hostil já não conseguem sequer mais chorar suas próprias tristezas.

Não se comover com estas coisas simplesmente por que elas não estão acontecendo diretamente com o seu país, sua família ou até mesmo com você, é o mesmo que renunciar à tua própria alma. Afinal, do que adianta ser alguém capaz de não agir só pelos instintos e persistir em fazer o contrario?

Observamos também grandes estrelas da mídia se apagarem, uma por uma. Pessoas que de um jeito ou de outro marcaram gerações inteiras, e inspiraram outros a buscar seus próprios estilos de vida.

Acontecimentos que fizeram muitos refletirem sobre o tipo de legado que estarão deixando para trás.

Com o seu andar desajeitado, 2016 assim como muitos outros anos, se despede hoje com um sorriso estranho nos lábios, algo que diz que sua missão foi concluída com sucesso, um olhar de quem deseja ensinar uma valiosa lição através dos caminhos mais tortuosos.

Seu recado não foi propriamente dito, mas já martela exaustivamente na cabeça de muitos.

Algo tem de mudar. – E isso está sendo dito por pessoas em todo o mundo. Basta então saber qual dessas vozes esta certa.

Tomara que 2017 seja mais cauteloso ao passar conselhos.

E que seja um feliz ano novo.
E.Mateus

Próximo da virada do ano é inevitável que comecemos a pensar no que 2017 guarda. E, ao menos quando o assunto é cinema, o ano novo promete muito. De sequências aguardadas a novas e incríveis ideias originais, até mesmo uma nova princesa da Disney, passando pela volta de ícones da ficção científica e o universos de super heróis com toda força.

Por isso, hoje resolvi compartilhar com vocês algumas das estreias para o próximo ano pelas quais estamos mais ansiosos. Confira!

Estreias do Cinema para 2017

Sete minutos depois da meia noite – A monster calls, J.A. Bayona

Nesta bela história de fantasia, Liam Neeson encarna um monstro convocado por um garotinho que não tem uma vida fácil, a criatura então passa a ajuda-lo a vencer e enxergar os desafios de uma nova forma. A produção cinematográfica é uma adaptação do livro escrito por Patrick Ness e tem sua estreia marcada logo para o começo do ano, no dia 5 de Janeiro.

Moana – Um mar de aventuras – Moana, Jon Musker e Ron Clements

Em 2017, a Disney revela ao mundo a princesa Moana, sua primeira princesa havaiana. E como esperado  o filme promete explorar a cultura e lendas locais, pondo a jovem princesa frente a frente com o Semi-deus Maui. A animação também estreia no dia 05 de Janeiro.

Passageiros – Passengers, Morten Tyldum

Jennifer Lawrence e Chris Pratt vivem os papeis de dois tripulantes abordo de uma nave espacial destinada a um local distante. Por um incidente ambos despertam 90 anos antes da programada chegada, e descobrem que suas vidas e as dos mais de 5 mil passageiros presentes estão correndo sérios riscos. O filme chega também chega às telas brasileiras no dia 5 de janeiro. (assista ao trailer)

La La Land: Cantando estações –  La La Land, Damien Chazelle

O Musical conta a história de um casal de aspirantes a artistas, ela – Emma Stone-  busca ser atriz e ele – Ryan Gosling – tenta a vida como músico de Jazz. Estréia em 19 de Janeiro. (assista ao trailer)

Até o ultimo homem –  Hacksaw Ridge, Mel Gibson

Abdrew Garfield – nosso ex-spiderman – interpreta um jovem médico recrutado para a segunda guerra mundial, no entanto ele se recusa a pegar em armas e tirar a vida de outras pessoas. Seus conhecimentos em medicina fazem com que ele sirva na ala medica, aonde salva a vida de muitos homens. Baseado em fatos reais o filme estreia dia 26 de janeiro. (assista ao trailer)

Kong a ilha da caveira – Kong Skull Island, Jordan Vogt Roberts

King Kong é um ícone do cinema de monstros, disso não resta dúvida. Neste filme, que aparenta estar no mesmo universo que Godzilla (Gareth Edwards, 2014), Kong retorna a toda sua glória como o deus protetor da ilha da caveira. Estréia em 9 de março. (assista o trailer)

Vigilantes do Amanhã – Ghost in the Sell, Rupert Sanders

Baseado na obra de ficção científica, “Vigilante do Amanha – Ghost in the Shell” apresenta a história da Major, vivida por Scarlett Johansson, uma agente ciborgue excepcional que lidera a força-tarefa de elite Seção 9. Ela se depara com o desafio de deter um inimigo com um único objetivo: destruir os avanços da tecnologia cibernética. Estreia dia 30 de março.

 A bela e a Fera – The Beauty and The Beast, Bill Condon

Estrelado por Emma Watson, essa versão real da animação clássica da Disney somente estréia em Março 16 de 2017, porém já vem criando expectativas em muitos fãs e críticos de cinema. Já vimos pelos trailers que o visual do filme é lindo. (assista ao trailer)

Malvado favorito 3 – Despicable Me 3, Pierre Coffin e Kyle Balda

Mais uma animação para nossa lista, desta vez trazida pela Universal. A sequencia de Meu Malvado Favorito, agora volta o seu  foco para Gru, e não mais para seus minions como no blockbuster do ano passado. Estreia no dia 30 de junho. (assista ao trailer)

Mulher Maravilha – Wonder Woman, Patty Jenkins

A icônica heroína da DC comics faz sua segunda aparição no Universo Cinematográfico. Após uma participação em Batman v. Superman, a heroína ganha um filme solo passado na Primeira Guerra Mundial, pelas mãos da diretora Patty Jenkins. Estreia 2 de Junho.

Em novembro a Mulher maravilha volta a aparecer, mas já já falaremos disso,

Homem Aranha: De volta ao Lar – Spiderman: homecoming, Jon Watts

Depois de “Capitão América: Guerra Civil” o que aconteceu com um dos heróis mais amados do universo Marvel? Este novo filme teve a hercúlea tarefa de contar essa história. Vale a pena conferir como o homem aranha se encaixa no Universo Marvel. Lançamento: 16 de Julho

No próximo ano, a Marvel também promete com Guardiões da Galáxia Vol. 2 (de James Gunn) em 25 de Abril (assista ao trailer) E Thor: Ragnarok (de Taika Waititi), com chegada marcada para 25 de Outubro.

Planeta dos Macacos: a Guerra – War for the Planet of the Apes, Matt Reeves

a terceira parte da saga da formação do Planeta dos Macacos retoma ao clássico filme da década de 60. Estréia em: 14 de Julho. (assista ao trailer)

Dunkirk – Dunkirk, Christopher Nolan

Em Hollywood, tudo o que Christopher Nolan toca vira ouro; O diretor tem sido fortemente elogiado tanto por crítica quanto pelo público. Até agora, a reconstrução do diretor da batalha de Dunkirk na Segunda Guerra Mundial, só tem um curto trailer, porém tem gerado muita expectativa – um pouco também devida a primeira atuação de Harry Styles no cinemas.  Estreia 27 de julho de 2017. (assista ao trailer)

Valerian e a cidade dos mil planetas – Valerian, Luc Besson

O diretor do cult “O quinto elemento” volta aos filmes de ficção científica espaciais com uma adaptação do quadrinho homônimo, que promete surpreender a todos. O longa traz Cara Delevingne e Dane DeHaan como protagonistas, além de contar com uma participação de Rihanna. Estamos muito ansiosos por esse. Estreia 17 de agosto

Ainda na ficção científica, dois grandes clássicos voltam aos cinemas. Primeiro, Alien: Covenant (de Ridley Scott), a sequência da trilogia “Alien” do mesmo diretor, que estréia dia 19 de Maio. Em segundo, Blade 2049 (de Denis Villeneuve), sequência de Blade Runner, também de Ridley Scott, estreia em 5 de outubro. Ambas as sequências são muito aguardadas até pelo tempo que as separa dos originais.

Liga da Justiça – Justice League, Zack Snyder

O universo liga saída dos quadrinhos da DC se reúne pela a primeira. Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) e Diana Prince (Gal Gadot) recrutam  Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e o Flash (Ezra Miller) para juntos combaterem uma grande ameaça para todo o planeta. Estreia 16 de novembro.

Essa foi a nossa (até um pouco extensa) lista de filmes para 2017. Muita variedade, muitos gêneros para não sair do cinema neste Ano Novo. E voce? Quais filmes te deixam muito empolgado para o próximo ano? E tem algum que não apareceu por aqui que você também está aguardando? Conta pra gente!

*Escrito em conjunto com E.Mateus*

Hey! Tudo bem com você?

Espero que sim 🙂

Serei direto, – Estou escrevendo este post mais como um desabafo e atualização de alguns fatos – Eu quero mesmo conversar.

Eu acabei diminuindo bastante a frequência de posts aqui no blog, ao ponto de Setembro e Outubro ficaram basicamente em brancos por aqui. E tudo isso foi gerado a partir de um descontentamento pessoal que se estendeu para muitas outras coisas.

Já faz um bom tempo que eu venho me programando para desenvolver um conteúdo que de fato me deixasse satisfeito, não que o que eu tenha feito até então não tenha me deixado, mas eu sinto falta de pôr mais a “mão na massa”.

Mas infelizmente tudo o que eu tenho rabiscado em meu caderno de ideias de certa forma exige dinheiro – EVENTOS, DIY, PEQUENAS REFORMAS E AFINS.

E isso acabou chegando a um ponto em que não deveria.

Um dos principais motivos pelo qual me apaixonei pelo mundo dos blogs anos atrás era a interação e a liberdade que eles permitiam as pessoas. Era um espaço incrível para expor ideias, compartilhar gostos, e se sentir menos sozinho – E acredito que para muitas pessoas ainda seja.

Mas nos últimos anos, tudo isso acabou se “comercializando demais”. – Sei que corro um risco imenso de ser mal interpretado, mas vamos lá.

Creio que qualquer pessoa se empolga muito em poder ganhar dinheiro com aquilo que gosta, e comigo não foi diferente. Foi exatamente empolgante saber que eu poderia fazer de uma paixão, um belo trabalho. É ótimo pensar que há pessoas e empresas interessadas em reconhecer  através de lucros todo o seu tempo e empenho depositado em algo do qual você se identifica.

Mas o que eu encontrei na verdade foi um cenário ríspido.

Existe muita gente disposta e te julgar e criar textos imensos sobre como você é pequeno e de como nunca chegará onde outros chegaram, ao invés de simplesmente ignorar o tipo de conteúdo que não os atrai.

Existem pessoas dispostas a se promoverem a todo o custo, apagando a possibilidade de encontrar conexões sinceras em um local que antes era justamente reconhecido pelo oposto.

Tudo é View, tudo é like.

E não, eu não acho que ganhar dinheiro pelo conteúdo que você lança na internet seja um problema. Mas manter isso como o foco principal pode ser um tanto desastroso.

Hoje sinto muita falta dessa união entre blogs, que eu sei que ainda existe e que muitos não abrem mão, mas custa a ser encontrada, até mesmo dentro dos grupos de interação.

Sem perceber eu passei a me preocupar com as visualizações, e a repensar em toda estrutura do blog.

Mas também me lembrava de como eu me sentia satisfeito com os posts simples no começo, e como era divertido chegar da escola anos atrás e escrever sobre músicas e séries.

Eu não me pressionava, nem mesmo me cobrava uma posição. Era divertido apenas.
Durante Setembro/Outubro eu pensei: Eu prefiro passar um tempo sem escrever até reencontrar o que me faz bem, do que gerar algo forçado, por obrigação.

Eu me desliguei por um bom tempo, mas nunca desconectei. O caderno de rabiscos continua aqui, agora, com ainda mais ideias.

Porém, me escondi tanto que até esqueci de pagar algumas contas, o que fez com que o site ficasse alguns dias inacessível.

Talvez esse seja apenas um jeito dramático de dizer que sumi, mas estou de volta, e que não vou parar.
Assim como antes, irei escrever sobre coisas que me rodeiam de alguma forma, tentando manter uma frequência. O dinheiro? Se vier será bem-vindo – sem dúvidas – mas a motivação não será essa. E espero de vocês leitores e blogueiros, que possamos criar conversas e nos unir por coisas boas.

Abraços, e até mais.

Foto: Mateu Grin

Esse post foi feito pra você que ama expandir seus conhecimentos, conhecer um pouco de diferentes culturas, ficar por dentro de curiosidades e de quebra receber dicas de lugares legais para se conhecer.

Eu particularmente amo acompanhar programas e vlogs que falam sobre viagem. E acredite, nem todos são iguais. Cada um tem sua própria forma de enxergar o mundo, e compartilhar aquilo que acham interessante. Por isso separei 4 Blogueiros/Vlogueiros, com diferentes estilos de vida, e historias para contar.

Igor Saringer  é dono do blog A Vida que Levo. Nos últimos meses ele tem mostrado como esta sendo sua estadia em Orlando. Isso porque ele conseguiu ser aprovado em um programa que seleciona pessoas para trabalharem nos parques do Walt Disney. É possível acompanhar todo o processo pelo qual ele passou, da inscrição, até a aprovação. E claro, os seus dias no parque. Além dos Vlogs, Igor também disponibiliza seus momentos em todas as suas redes sociais.

 

Cade a chave? O divertido e bem humorado casal Leon Martins e Nilce Moretto, mostram um pouco de sua rotina em Vancouver, Canadá. Também suas Participações em eventos  e os bastidores do canal Coisa De Nerd, comandado por Leon.  Os dois possuem uma imensa bagagem de conhecimento, e a todo instante estão dividindo isso com seus assinantes. Quem da voz ao canal é Nilce, porém os dois são protagonistas desse mundo particular.

 

Depois dos Quinze, A doce menina do interior cresceu, e hoje ela vive todos os seus sonhos. Bruna Vieira costuma levar seus leitores à suas grandes viagens, sejam elas mochilões pela Europa, ou um bate e volta pela Califórnia. Com o seu jeito carismático e os olhos que brilham sempre diante de novidades, Bruna está sempre em busca de lugares incríveis para ótimas fotos e boas compras.

 

Pequenos Monstros, mais um casal que entra para a nossa lista de viajantes. Como eles mesmo costumam se definir, Debbie Corrano e Felipe Pacheco, são um casal de nômades com dois vira-latas, conhecendo o mundo. No blog deles você encontra desde dicas de lugares para frequentar, até ideias para ganhar alguns trocados no meio dessa jornada. É inspirador para quem sonha em se juntar com alguém e viajar por aí.

Bom esses foram apenas alguns dos muitos viajantes que temos pela internet. Tentei deixar a lista  mais diversificada  possível. Em breve, pretendo lhes apresentar mais alguns. Boa Viagem.

#20pros20 Clique aqui para ver os primeiros 7 lugares.

Em Paris

Museu do Louvre

Un matin au Louvre

Foto: Fonk De.

O Louvre é sem duvida um dos museus mais conhecidos do mundo. Foi construído em 1190 no palácio do Louvre, e estimasse que ele receba por semana um numero de visitante maior do que a população de paris. Essa construção subterrânea conta também com lojas, e é o lar da pintura mais valiosa do mundo: Mona Lisa.

Musée d’Art Moderne

O museu de arte moderna em paris é conhecido por receber obras de grandes artistas da atualidade.  E existe uma historia de que a sua construção tenha causando uma certa estranheza de inicio, por não se adequar muito a arquitetura de Paris na época.

No Canadá

Toronto – Torre CN

evening

Foto: Paul Bica

A torre tem 553,33 metros de altura, e esta nas listas das Torres mais altas do mundo. Do alto dela é possível ter um ótima visão da cidade de Toronto. No alto da torre também funciona um restaurante rotatório.

No Peru

Machu Picchu 

Llama, Machu Picchu

Foto: Burrard-Lucas

O local foi descoberto em 1911, por Hiram Bingham. E acreditasse que tenha sido construído por volta dos séculos 15 e 16. É o principal ponto turístico no Peru. O lugar, também conhecido como “Cidade Perdida dos Incas”, faz parte da lista das 7 maravilhas do mundo.

Nos Estados Unidos


Localizada em Chicago, com 55 metros. Esta montanha russa é a mais rápida, atinge  115 km/h. E também é  a mais íngreme, com um trecho de 85 graus de inclinação.

Pois é galera amanhã eu já faço 20, ou seja o projeto acabou atrasando mais do que eu esperava. Mas mesmo assim eu não vou continuar postando algumas coisas que já estão prontas, e terminar o resto ao longo do tempo (;