Seja limpo ou sujo, velho ou novo, capa dura ou capa mole. Um clássico é sempre um clássico. São aqueles livros que marcaram suas épocas, inventaram línguas, criaram polêmicas e muitas vezes mudaram o rumo da literatura e da arte em suas respectivas épocas. Às vezes eles têm 100, 200 ou 300 anos, as vezes só 50, não importa, estas obras são sempre reutilizadas, repensadas, reimaginadas. Muitos clássicos colecionam listas enormes de adaptações para os mais diversos tipos de plataformas. E claro, são continuamente lidos, citados e estudados por diversas pessoas.

Pensando na importância destes livros, e continuando os desafios propostos para 2017, nós elaboramos o Desafio dos Clássicos. As regras são muito parecidas com o desafio cinematográfico: Não há uma ordem para ser seguida, apesar de apresentarmos os 11 itens em forma de lista.

Em 2016, já havíamos adaptado um desafio literário, que você pode conferir clicando aqui. Porém para esse ano a meta será mais branda: 1 livro clássico por mês. Eu sei, este post está um pouco atrasado, e é justamente por isso que contém 11 itens. Mas para não quebrar o clima inserimos um bônus (opcional).

E ESTE É CHALLENGE LITERÁRIO DE 2017

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD EM PDF

Por fim, minha primeira leitura será “O mundo perdido” de Arthur Conan Doyle (Sherlock Holmes) que se encaixa no item “Um clássico sobre aventuras”. Neste livro, ele narra a aventura do professor Edward Challenger e sua expedição que decidem provar ao mundo a existência de dinossauros na Floresta Amazônica. É uma obra menos conhecida de Conan Doyle, porém é inegável que exerça forte influência até hoje na ficção científica. Logo mais traremos aqui nosso comentário completo com todos os detalhes desta obra.

E você, gostou do desafio? Gosta de clássicos ou tem vontade de ler algum? Conta pra gente pelos comentários!

Até a próxima!

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.