Eu vou levar para o lado pessoal, pode apostar.

Serei inconstante, e irei sair do eixo antes que possa terminar de falar. Apenas sossego quando encontro um ponto de paz. Porque eu sempre guardo tudo bem próximo ao meu coração, que não se cansa de ser piegas.

E aquilo que você chama de rancor eu chamo de boa memoria. Posso te perdoar na mente, mais o assunto é sempre mais delicado no lado esquerdo da vida. Não me culpe por isso, juro que tento não me importar, mas quanto mais eu lhe amar, mais irei querer isso de volta.

Irei me sentir carente, mesmo passando um dia inteiro ao seu lado, vou cuidar de você mais do que de mim mesmo. Porque algumas demonstrações de carinho sempre parecem mais fracas perto daquilo que sinto.

Em um dia irei te convencer a ficar em casa, presos ao nosso mundo particular. Em outro aparecerei com uma mochila nas costas, pronto para desbravar o mundo. Porque é isso que os caranguejos fazem.

Já tentaram me convencer de que só sou assim graças a imensa conspiração do universo. Mas prefiro pensar que esse sou eu, e espero me compreender do jeito que sou. Porém se você achar que eu exagero um pouco as vezes, culpe meu signo, e não brigue comigo.

E.Mateus

#5-22pros22

 

 

 

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.