O maior evento de premiação musical de 2017 está chegando. O Grammy deste ano ocorrerá neste domingo (dia 12 de fevereiro) e para entrar no clima resolvemos juntar o útil ao agradável, criando mais um guia para o nosso desafio cinematográfico.

Item: Indicado por melhor trilha sonora no Grammy

Muitos filmes já passaram pelas categorias de melhor canção original para mídia visual, melhor compilação de trilha sonora ou melhor trilha sonora original.

Entre os vencedores dos últimos anos estão Birdman – (Alejandro González Iñãrritu, 2015), Frozen – (Jennifer Lee, 2014), Grande Hotel Budapeste – (Wes Anderson, 2014), Skyfall – (Sam Mendes, 2013), Meia noite em paris – (Woody Allen, 2012), Os homens que não amavam as mulheres -(David Fincher, 2012) e Jogos Vorazes – (Francis Lawrence, 2012).

Por isso, para sermos mais diretos, optamos em falar dos principais concorrentes desse ano, em duas categorias. Confira:

 

INDICADOS À MELHOR TRILHA SONORA

Ponte dos Espiões – (Steven Spielberg, 2015)

O novo thriller político do consagrado diretor Steven Spielberg conta a história um advogado especializado em seguros, interpretado por Tom Hanks, que se torna ponto central em uma troca de reféns durante a guerra fria sofrendo pressão de ambos os lados do conflito. Foi um dos filmes responsáveis por trazer Spielberg de volta ao centro das atenções nos últimos anos, rendendo várias indicações ao Oscar, principalmente.

A trilha sonora impactante assinada por Thomas Newman constrói uma ótima atmosfera para esse drama político de espionagem. – E foi a escolha do Gustavo para cumprir esse item.

Os Oito Odiados – (Quentin Tarantino, 2016)

Com a minuciosa direção de Quentin Tarantino, Os oito Odiados acompanha a trajetória de um carrasco em busca de reconhecimento por ter capturado uma famosa fugitiva. No caminho eles se juntam a um caçador de recompensas que possui outros interesses, e um xerife preste a ganhar posse. A história se desenrola até se somar oito personagens em um mesmo abrigo, todos com um passado denso e uma discórdia inevitável.

Os filmes de Tarantino possuem trilhas sonoras marcantes, que ditam o clima das cenas e convidam quem está assistindo a adentrar ainda mais em seu cenário..

O Regresso – (Alejandro González Iñarritu, 2016)

A famosa adaptação responsável por premiar Leonardo Dicaprio com seu primeiro Oscar também está concorrendo nesta categoria.

O filme – O regresso – acompanha a trajetória de Hugh Glass por sua sobrevivência e desejo de vingança. Após ter sido atacado por um urso, sendo abandonado por seu companheiro de viagem.

O filme também recebeu em 2016 o Oscar de de melhor fotografia e diretor.

Star Wars : O despertar da Força – (J.J. Abrams, 2015)

Neste novo capítulo da saga épica, a catadora de peças Rey, que vive isolada em um planeta esquecido encontra o android BB-8 que contém a chave para que a Aliança Rebelde encontre o lendário Jedi, Luke Skywalker. Assim impedir a ascensão de uma nova força política maligna.

Em “Star Wars” como um todo a música é um show a parte. Nesta nova saga o compositor John Williams volta a seu papel na regência da orquestra, fazendo um trabalho a altura daquele que consagrou os filmes clássicos.

MELHOR CANÇÃO COMPOSTA PARA MÍDIA VISUAL

 

Esquadrão Suicida – (Heathens – Tyler Joseph (Twenty One Pilots) / Purple Lamborghini – Skrillex & Rick Ross)

Apesar dessa categoria não exaltar a narrativa do filme, não tem como deixar de comentar o quanto Esquadrão Suicida dividiu o público devido o polêmico corte de cenas que chateou até mesmo os atores.

Histórias à parte, duas músicas criadas para trilha sonora do filme foram indicadas para o Grammy – Heathens – Twenty one Pilots e Purple Lamborghini – Skrillex & Rick Ross –  preciso dizer para quem estou torcendo?

No filme, o governo americano acredita precisar de uma equipe de metahumanos para combater ameaças decorrentes após o surgimento do Superman. Surge assim o projeto “Esquadrão Suicida”, onde os criminosos/vilões presos mais perigosos são obrigados a executar missões a mando do governo. Obtendo sucesso eles têm suas penas abreviadas até 10 anos. Mas a falha pode significar a morte.

Trolls – (Can’t stop the feeling – Justin Timberlake e outros)

Animações costumam ganhar um espaço especial no coração do público, e uma boa trilha sonora contribui com um peso importante para isso.  Can’t stop the feeling cantada por Justin Timberlake está concorrendo nesta categoria e é uma forte candidata.

A animação, apresentada dois Trolls que de início parecem não combinar nem um pouco, após passarem por diversos desafios, ambos acabam descobrindo que no fundo não são tão diferentes assim.

Alice Através do Espelho – (Just like fire – P!nk e outros)

“Através do espelho” acompanha o retorno de Alice ao país das maravilhas. No período entre os dois filmes ela se torna uma lenda por lá, Porém quando o seu amigo chapeleiro se encontra em risco, Alice é chamada de volta e tem de enfrentar um vilão mais poderoso que tudo, o próprio tempo.

A música de P!nk foi muito elogiada porque a cantora fez o que sabe fazer de melhor, criou uma música tema empolgante ao seu próprio estilo e com um toque de estranheza que combina tanto com a própria imagem do filme. 

E aí? Tem algum desses filmes que você ainda não assistiu e que pretende por na lista do desafio? Então conte para nós!

Você também pode encontrar a lista completa dos indicados ao Grammy no site oficial da premiação, lá também está disponível os nomes dos ganhadores nos anos passados.

Post escrito em conjunto com Gustavo Sivi
Abraços! E até mais 😀

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.