Não faz muito tempo que falamos de organização e planejamento por aqui, dando dica de alguns aplicativos que atendem essa função. Mas há quem prefira por a criatividade em pratica, ter algo para lidar com carinho e que possa ser guardado de forma especial.

Estou falando dos Bullet Journals, que se tornaram muito populares este ano, mas que na verdade já eram conhecidos a um tempo. Esse método de criação foi inventado pelo designer Ryder Carroll, que visava justamente se desprender um pouco do tecnológico para conectar-se com o artesanal e pessoal.

Logo, essa agenda em forma de diário ganhou novos traços ao ponto que a novidade se espalhava pela internet.

Hoje em dia existem empresas dedicadas à confecção e estruturação dessas agendas. Permitindo que o cliente personalize o material, escolhendo o conteúdo de paginas, cores, e outras coisas. Com isso surgem também os conhecidos Planners.

Mas a real graça está em criar, inventar, e até mesmo de certa forma expressar-se. E você não precisa necessariamente gastar uma fortuna com isso, a ideia é justamente simplificar.

Criando um Bullet Journal

Por onde começar? Um simples caderno em branco talvez. Você pode escolher um estilo moleskine, sem linhas, e com ou sem espiral, talvez um de linhas quadriculadas ou até mesmo pontilhadas — que já lhe ajudaria muito ao criar as tabelas e divisões.

Como estruturá-lo? Você dispõe do seu estilo de vida para isso. Diferente de agendas convencionais, você tem a liberdade para separar espaços para coisas que realmente importam, como metas, rotinas, eventos, acompanhar rendimentos, ou até mesmo algumas folhas para diário.

Além de poder testar outras formas de organização ao longo das semanas, até encontrar aquela que combina mais com você.

Um toque de Personalidade

É mais do que comum encontrar pela internet adeptos que acrescentam estilos e personalidade às suas agendas. Por meio de recortes, desenhos, adesivos, fotos, papeis de carta, e até mesmo post-it e washi tapes.

De certo modo isso acaba expandindo a experiência, proporcionando momentos relaxantes para por em pratica a criatividade.

Mas se você não possuí grandes dons artísticos, não precisa se apagar a ideia de que o Bullet Journal só irá funcionar dessa forma. Mais uma vez, é um tipo de estruturação bem pessoal.

###

Um planejamento de rotina e metas podem fazer toda diferença no seu ano, uma boa forma de manter o controle sobre aquilo que você almeja ou deseja cumprir.

Essa foi a dica que eu tinha hoje, no nosso 16º dia especial do nosso calendário. Espero que vocês tenham gostado!

Até mais!

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO