Texto: Me deixa morar em você

Foto: João Silas

Alguém há muito tempo já dizia: “Lar é o lugar onde seu coração está”.

Eu diria que lar é algo maior que uma casa, ou um abrigo, é o local ao qual você pertence, é o lugar onde sua vida está, onde todos os seus traços foram depositados, a morada que em troca lhe fornece paz. Pessoas também podem ser lares, e eu me enxergo vivendo em você.

seus alicerces foram fincados na terra de um jeito tão nobre, a forma como você mantém os pés nos chão, mas se permitindo sonhar, é admirável. A segurança que recebo em baixo de seu teto é maior do que aquela que já recebi em qualquer outra habitação. Pois ele é forrado por estrelas que brilham quando as luzes se apagam, e palavras que afastam a escuridão que parece querer nos engolir.

Seu calor me aquece nos dias mais frios. É o conforto ao qual procuro no fim do dia, é onde quero estar todas as manhãs, morando em um abraço seu. Sei que te devo a minha parte, pois há dias que uma casa não se aquece sozinha, nestes momentos te oferece o meu amor abrasado, na temperatura exata para que fique bem.

Através dos teus olhos eu enxergo o mundo, sua visão é tão bela, abrilhantada e deslumbrada pelas simplicidades do mundo. Olhos que me ensinaram a ser mais humilde e valorizar tudo o que tenho ao meu redor. Por eles eu enxergo a melhor vista do alto de uma montanha, até de uma cidade abarrotada.

Quando me ofereces a mão, também me oferece as fechaduras. A certeza de que ninguém poderia te roubar de mim.

Com os seus dedos, me passeia, pelo abrigo ao qual estou disposto a lhe dar, parece caminhar como alguém que busca problemas para solucionar, para certificar-se de que está tudo bem. Nessas horas você vem me visitar.

E quando se vai, sinto-me desesperado a voltar para o lar que me destes, pedindo em seus ouvidos: Me deixa morar em você?

E.Mateus

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO