Nostalgia

Aquele perfume preso na roupa me transportou por alguns segundos para uma época de calmaria, onde não era preciso muito para encontrar paz, onde o vendo soprava frio e todos se amontoavam em um canto rindo da vida para pode se aquecer.

Deixei uma lembrança presa a um creme de cabelo, associei seu cheiro com a busca da independia e as novas descobertas, uma adolescência confusa de muitas vontades e poucas certezas.

O Sol resgatou tardes passadas ao ar livre, o velho sentimento de pertencer ao mundo, algo que nunca mais tive. As chuvas também pegaram para si algo de importância, pois nos dias chuvosos éramos ainda mais loucos.

Existem musicas que me fazem viajar, fotos que congelaram o tempo por carinho – Um lembrete de que certas coisas não deveriam se perde. -, até mesmo as cores possuem algo a dizer.

A vida se arrasta, derrubando lembranças, ou então corre como se quisesse deixar tudo para trás. E no meio dessa bagunça sempre restam nostalgias ou pequenos detalhes da vida que quero resgatar.

E.Mateus

#4-22pros22

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.