Tudo Errado

Foto: Hanne Johansen

Tem dias que eu chego a ter quase certeza que algum vilão da Disney não foi com a minha cara. Deve ter me olhado e dito: _ Aos 16 anos sua vida sofrerá uma enorme reviravolta. Seus melhores amigos te apunharão. Seus sonhos irão te sufocar, e o menor dos grãos de arroz se tornará um enorme  problema.

Pode soar engraçado, mas é basicamente isso que aconteceu, e vem acontecendo até hoje. Acho que até ficaria legal em um filme de comédia, com um personagem dramático, que satirizasse a coisa toda.

Esses períodos podem durar semanas, meses, ou anos… Como já aconteceu comigo… Em uma espece de avalanche psicológica e emocional. O estranho é que esses eventos ruins se tornaram cada vez mais frequentes, e brutos com o passar dos anos. Vez por outra paro para refletir – Será que sempre foi assim?- Se foi, antes eu sabia o segredo de como lidar.

Quando se é criança, a sua maior responsabilidade é buscar ser feliz. Você se chateia as vezes, mas logo encontra algo com que possa se distrair, e por um tempo está tudo certo, você esqueceu.

Porém agora no meio desse mundo em que a dor de um joelho ralado não é nada comparada a dor de uma guerra, uma doença, uma perda ou indiferença – Se distrair e esquecer não é tão fácil.

Mas uma coisa eu posso dizer sem duvida, os problemas constroem você. Moldam sua paciência, te obrigam a procurar conforto, e descobrir mais sobre o que te faz bem. Se você se entrega ao que esta errado, acaba se tornando parte do erro.

Eu poderia encher esse texto de fatos que veem acontecendo comigo desde que janeiro começou, a maioria deles nem se despediu de 2015. Envés disso, resolvi respirar e mudar enredo. Porque no fundo sei que incomoda agora, só que no futuro pode ter algum valor.

E ao vilão da Disney; Sei que você teve os seus motivos.

E.Mateus

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

Os comentários estão fechados.